sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Porque Matemático Também Morre

sentado
tangenciando a morte
coço a cabeça
e me pego a pensar:
se eu logo morrer
o que verei do lado de lá?

2 rubrica(s):

Paula Cardoso disse...

Luisa, você tem o verdadeiro dom da escrita! PARABÉNS! Sucesso pra ti!

Luisa L'Abbate disse...

Muito obrigada Paula! Fico extremamente lisonjeada com palavras tão gentis =D

Postar um comentário